logo
Top

Dia do Estatístico: celebrando o profissional que traduz dados em fatos

Presente nas mais diferentes áreas do cotidiano e campos de conhecimento, as Ciências Estatísticas, também conhecida apenas como Estatística, possuem uma abrangência que vem ganhando cada vez mais notoriedade e relevância. Engana-se quem pensa que o profissional desta área está restrito a um setor específico de negócios.

 

Há estatísticos atuando na economia, no esporte, na saúde, no varejo, nas finanças, na agricultura, nos serviços públicos e em empresas dos mais diferentes segmentos, alavancados pela evolução das tecnologias e a consequente ascensão do big data e da Inteligência Artificial.

 

É crescente a quantidade de empresas de diferentes portes adotando o hábito de coletar grandes volumes de dados relacionados ao seu universo. Isoladamente, em um repositório, esse compilado de dados significa pouca ou nenhuma vantagem. Porém, a partir do momento que essas corporações passam a contar com profissionais capacitados para avaliar, qualificar, interpretar e modelar esses dados, conseguem extrair insights para a tomada de decisões, guiando seu futuro de forma mais competitiva e rentável.

 

Estatística e Dados

Ao fornecer métodos e técnicas para lidar racionalmente com situações sujeitas a incertezas, a estatística contribui para responder a questionamentos como:

  • Qual melhor momento para incluir um novo produto no fluxo produtivo industrial e qual o melhor momento de comercializá-lo?
  • Em que momentos podem ocorrer altas ou baixas de vendas que farão diferença na saúde financeira da empresa?
  • Como definir metas, avaliar performance e identificar pontos de melhoria nos processos?
  • De que forma tornar um processo de S&OP mais eficiente?

 

Diante disso, nada mais justo do que registrar e celebrar esta data tão especial, o 29 de maio, Dia do Estatístico. Na UniSoma, este grupo de profissionais é essencial e altamente estratégico para as dinâmicas e ofertas de soluções, e está diretamente relacionado à construção de valor aos clientes. Isso porque os cálculos estatísticos, quando feitos sob parâmetros bem estruturados, conseguem responder a muitos dos principais desafios enfrentados pelos gestores atualmente.

 

Dados e desafios

A estatística é uma ferramenta essencial para a criação de estratégias de negócios e para contribuir com o entendimento de suas particularidades, desde que subsidiadas por dados. “Tanto quanto a coleta de dados internos, a coleta de dados externos de alta qualidade é essencial para as análises, uma vez que permitem incorporar às análises informações não controladas pelas próprias empresas, como referências socioeconômicas”, explica Mariane Sahú, estatística da UniSoma.

 

Mariane Carolline Sahú é formada em Matemática Aplicada e Estatística, pela Unicamp, e trabalha há 2 anos e meio na UniSoma. Atualmente, a profissional atua no time de Data Science, em projetos de Machine Learning, Previsão de Demanda e Simulação. Ela possui experiência em atuação direta junto ao cliente, o que permitiu a experimentação de técnicas e o desenvolvimento de habilidades de trabalho em equipe.

 

Além do aspecto relacionado à qualidade dos dados, outro desafio da estatística está relacionado à assertividade dos resultados. “Apesar de ser uma ciência exata, a estatística em si não é exata, uma vez que existem fatores capazes de afetar os resultados futuros que não foram considerados no momento da previsão”, aponta Mariane. “Pode-se dizer que a estatística se aproxima da realidade quando os dados levantados para modelagem ou previsão caracterizam melhor a realidade atual e futura”, completa.

 

Vantagens

São diversas as vantagens na utilização da estatística para os diferentes setores, mas, segundo Mariane, o grande diferencial se resume em “entregar um tratamento diferenciado para o cliente final, ao oferecer os produtos ou serviços que eles procuram, na hora que desejam, além de reduzir gastos das empresas, ao prever altas e baixas de vendas e direcionar melhor sua produção. ”

Na área da saúde, por exemplo, técnicas estatísticas associadas ao Machine Learning guiam os médicos para diagnósticos mais rápidos e menos custosos, indicando exames e diagnosticando precocemente aos pacientes. Ou fornecem evidências sobre a eficiência de um novo tratamento para combater determinada doença.

 

As demandas pelo uso da estatística estão em plena ascensão, tanto que é comum ouvir dizer que esta é a “profissão do futuro”. Na realidade, é a profissão do agora, já que mais e mais organizações estão buscando realizar análises objetivas, entender conjunturas e encontrar soluções fundamentadas em dados científicos.

 

Time multidisciplinar

Além de estatísticos, a UniSoma envolve um time multidisciplinar de especialistas, que inclui cientistas de dados, matemáticos, engenheiros, desenvolvedores, entre outros, agregando diferentes habilidades e conhecimentos às variadas etapas dos projetos. O foco é sempre entender a dor do cliente e as informações disponíveis, a fim de desenvolver algoritmos e soluções sob medida para cada necessidade.

 

Foi sob este princípio que a empresa desenvolveu uma ferramenta que trouxe à OJI Papéis Especiais mais assertividade para sua previsão de faturamento ou que viabiliza a aplicação de análises preditivas para estimar a previsão de eventos futuros, permitindo uma abordagem mais proativa dos negócios.

 

A mesma atenção dedicada aos clientes também é investida internamente, direcionada ao desenvolvimento das pessoas. “A UniSoma investe no aprendizado coletivo, com a passagem de conhecimentos via canais de conhecimento, apresentações internas e capacitações externas em feiras e cursos”, finaliza Mariane.

 

Saiba mais sobre os serviços e soluções transformadoras desenvolvidas pela UniSoma.