logo
Top

Coquecol: mais eficiência e agilidade no planejamento de operações com carvão

Esta página también está disponible en: Español

Líder no mercado de carbono metalúrgico na Colômbia, a Coquecol possui quase três décadas de experiência na produção e comercialização de Carvão e Coque, consolidando-se como uma importante fornecedora da Gerdau. A siderúrgica brasileira utiliza-se de carvão adquirido de diferentes empresas em inúmeros países mundo afora para aplicação em seus processos, e a Colômbia é um parceiro estratégico pela qualidade da matéria-prima e pela proximidade física.

 

Em meados de 2014, a Coquecol vinha enfrentando dificuldades no desenvolvimento de planejamento para execução dos diferentes processos produtivos relacionados ao seu negócio. Essencialmente, suas atividades consistiam na exploração e aquisição de carvões de minas pequenas, armazenamento em pátios nas diferentes regiões da Colômbia, transporte ao porto e mistura dos diferentes carvões de acordo com limites de qualidades para executar a venda aos clientes.

 

Por intermédio da Gerdau, a Coquecol encontrou na UniSoma a parceira ideal para desenvolver uma solução inteligente de otimização. Confira a seguir como se deu a jornada das empresas e os resultados obtidos até o momento.

 

Desafios

Em 2014, a Coquecol estava passando por momentos de dificuldades para atingir as margens de vendas, ao mesmo tempo em que a cadeia de abastecimento de seu principal produto – o carvão – apresentava múltiplas possibilidades de utilização, trazendo complexidade ao processo.

 

Alguns desafios cotidianos consistiam em decidir:

  • Qual carvão comprar;
  • Qual a quantidade de cada tipo de carvão a ser adquirida;
  • Onde comprar e armazenar o material?
  • Como fazer a programação de transferência dos pátios do interior aos portos;
  • Qual a melhor composição de mistura para respeitar o contrato e obter melhor retorno financeiro.

 

O processo de planejamento era lento e trabalhoso, por conta das limitações logísticas e a variação de qualidade entre os materiais que atendiam ao “blending”, além dos fortes impactos em termos de disponibilidade de matérias-primas flutuantes pela sazonalidade.

 

Tal situação evidenciava a necessidade de mudar a dinâmica de planejamento e simulações utilizada. Até então, a empresa conduzia toda a programação por meio do Excel, seguindo uma dinâmica manual e empírica, que gerava insegurança e variava de acordo com o conhecimento do analista e gerava questionamentos como: as informações que estavam sendo imputadas na ferramenta estavam, de fato, proporcionando decisões mais estratégicas para a empresa?

 

Estava claro que a Coquecol precisava evoluir e passar a contar com o suporte de uma ferramenta robusta, capaz de respaldar uma tomada de decisões de forma mais eficiente e sistematizada, considerando os diferentes cenários e variáveis.

 

Solução & Benefícios

A ferramenta de otimização, baseada em inteligência artificial e desenvolvida sob medida pela UniSoma, foi batizada de SPC (Sistema de Planeación de Carbones) e aumentou a eficiência e agilidade da área de planejamento operacional, já que foi construída de acordo com as demandas e necessidades específicas do negócio e considerando a cadeia integrada de operações da Coquecol.

 

Com a sua implementação, tornou-se possível ajustar as variáveis de cenário de acordo com as demandas, comparando diferentes premissas e impactos, e agilizando a tomada de decisões relacionadas a custos de compra de insumos, custos de frete, utilização de matérias-primas, entre outros.

 

Além disso, passou a possibilitar ao usuário um acompanhamento detalhado dos diversos custos atrelados ao processo em todas as diferentes fases, o que não era viável, pelo menos em um tempo razoável, por meio da programação manual. E viabilizou a redução dos tempos de processamento dos diferentes cenários de planejamento, que passou de semanas para horas.

 

Indiretamente, a ferramenta também passou a facilitar a elaboração de cenários financeiros, tais como projeções de rentabilidade e fluxo de caixa, tornando a dinâmica de trabalho das equipes mais assertiva, por meio de uma visão geral de negócios e resultados fornecidas pela ferramenta.

 

Incremento

Em 2018, a Coquecol reativou um componente em sua operação: as coquerias, onde ocorre a mistura de carvões de diferentes qualidades, em alta temperatura, para gerar o coque. A partir deste processo de beneficiamento, a Coquecol conseguiu agregar valor à sua venda e, então, passou a oferecer novamente mais esta opção de oferta aos seus clientes.

 

Esta nova dimensão do negócio também foi incluída na ferramenta de otimização SPC, instrumentalizando a equipe logística com um maior controle do ponto de vista do processo de planejamento da operação e viabilizando a geração automática e integrada desse plano.

 

Resultados

Em nível estratégico, a ferramenta facilita a tomada de decisões financeiras e, dependendo da expectativa de demanda, permite desenhar cenários de planejamento de médio prazo, considerando análises de necessidades, como a ampliação da capacidade instalada, alianças com novos fornecedores, entre outros aspectos.

Já em nível operacional, o sistema é capaz de entregar a informação necessária para a programação de recursos em cada uma das áreas, como produção, abastecimento e logística, tornando a produção mais orquestrada e ampliando a produtividade da equipe de planejamento.

 

Futuro

Os próximos passos em relação à ferramenta de otimização incluem sua evolução contínua e sua aplicação em prol dos processos de transformação digital da companhia, considerando as diferentes iniciativas nas quais a modelagem matemática preditiva pode ser uma aliada o negócio. Como resultado, espera-se obter ainda mais eficiência operacional e ganhos financeiros.

 

Com a palavra, o cliente

“Desenvolvemos uma relação de confiança, em que a equipe UniSoma compreendeu nosso processo de tal forma que nos apresentam soluções que não só atendem, como superam nossas expectativas, trazendo ideias que nem nós mesmos havíamos considerados.”

Ximena Esperanza Rico Molano, Chefe de S&OP da Coquecol e Nilson Daniel Cadena Forero, Analista Senior S&OP – Custos da Coquecol