logo
Top
5-itens-para-considerar-no-planejamento-logistico-da-sua-empresa

5 itens essenciais para o gerenciamento logístico da sua empresa

Otimizar a rotina produtiva, racionalizar o consumo de recursos, reduzir erros de processo, aumentar a eficiência das operações e os lucros. Por melhor que seja a operação logística da sua empresa, provavelmente um (ou mais) itens descritos acima está entre as metas traçadas para a área.

Isso acontece por conta da complexidade inerente ao processo logístico, que abrange desafios capazes de impactar diretamente todo o fluxo de operação e, consequentemente, os resultados corporativos. Seja no planejamento, armazenagem, movimentações internas, na distribuição, transporte ou na entrega de mercadorias, sabemos o quão fundamental é estabelecer estratégias assertivas para garantir que a demanda dos clientes será atendida com agilidade e dentro dos custos previstos.

Pensando nisso, identificamos cinco itens essenciais a serem considerados no gerenciamento logístico da sua empresa. Confira a seguir:

 

  1. Planejamento adequado

Demanda uma visão holística sobre toda a operação, desde aquisição de matéria-prima, instalações para estoque, produção, tempo, custos e distribuição. O objetivo é atingir a maior produtividade no menor tempo possível, com o melhor retorno financeiro, impactando, inclusive, na construção da imagem e reputação da empresa no mercado.

Um planejamento inteligente deve contemplar imprevistos e riscos, como problemas na produção, indisponibilidade de transportes ou falta de matéria-prima, e considerar ações de contingenciamento para evitar falhas logísticas.

 

  1. Gerenciamento de estoque

Um gerenciamento logístico eficaz é incompleto sem uma gestão adequada de estoque, desde as matérias primas básicas, passando por itens improdutivos, até produto empacotado. Imagine uma situação de estoque elevado no ambiente produtivo, calculado sob parâmetros superdimensionados em decorrência da falta de clareza na visibilidade da demanda. Ferramentas analíticas customizadas buscam entender a curva de demanda e criar modelos assertivos de planejamento, minimizando o erro do cálculo de parâmetros.

 

  1. Transporte eficiente

O setor de transporte compõe parte importante para a composição das despesas logísticas, demandando atenção especial dos gestores. O desenho da malha logística e planejamento integrado de frotas e rotas economiza tempo e dinheiro. Para isso, é preciso cruzar elementos variáveis, como geografia, localização de clientes, incentivos governamentais, centros de distribuição, entre outros. A sistematização destes dados por meio de modelos matemáticos avançados é essencial para um resultado otimizado.

 

  1. Automação e tecnologia 

Na era dos dados, desenvolvimentos tecnológicos desempenham papel essencial rumo à otimização e ao aumento da eficiência, ao viabilizar novas possibilidades ao processo de gestão da cadeia logística. Softwares de gestão e controle, por exemplo, integram áreas e fornecem atualizações em tempo real sobre a produção e movimentação de mercadorias, permitindo um rastreamento rápido e automatizado, sem interferência humana e com menor incidência de erros.

Sistemas inteligentes são capazes de antever problemas dentro da natureza complexa e dinâmica de uma cadeia logística. Com a aplicação de algoritmos de Machine Learning e fundamentos de Advanced Analytics, é possível prevenir a ocorrência de fraudes, identificar comportamentos que fogem ao padrão, antecipar certos tipos de eventos e conduzir uma análise de riscos de forma muito mais abrangente e assertiva. Além disso, a tecnologia auxilia no cumprimento de prazos, fator essencial para credibilidade e reputação da marca.

 

  1. Monitoramento de resultados

A única forma de ter certeza que o plano previsto de operações logísticas obteve o desempenho e a lucratividade planejados é estabelecendo um sistema de mensuração e avaliação de resultados. Por meio da auditoria e análise da qualidade e eficácia, esta iniciativa contribui para aumentar a eficiência das operações, dando suporte aos esforços de cumprimento dos planos e padrões de serviço.

Além disso, ao analisar resultados é possível identificar áreas problemáticas que carecem de ajustes ou correções e atuar nestas melhorias rapidamente.

 

Tornar o seu negócio mais competitivo, sustentável operacional e financeiramente, garantir a satisfação do cliente e tornar-se referência em operação logística é possível. A chave consiste no gerenciamento eficiente de todos os recursos envolvidos, sejam eles mecânicos, tecnológicos ou humanos.

A UniSoma possui 35 anos de experiência no desenvolvimento de soluções sob medida que utilizam dados, processos e algoritmos para realizar previsões, simular e otimizar sua logística. Entre em contato com nossos especialistas e entenda como obter resultados superiores.